A tenista australiana Ashleigh Barty, número um mundial, revalidou este sábado o título do torneio de Miami, após a canadiana Bianca Andreescu ter desistido na final, devido a uma entorse no tornozelo, quando perdia por 6-3 e 4-0.

No 'set' inicial, Barty conseguiu fazer o ‘break’ logo no primeiro serviço da nona colocada da hierarquia WTA, que respondeu pouco depois ao 3-2, voltando a pecar quando poderia ter igualado o resultado, deixando a adversária bem encaminhada para voltar a vencer um torneio que não se disputou em 2020, devido à pandemia de covid-19.

A lesão no pé direito, sofrida no início do segundo parcial, deixou Andreescu muito condicionada, obrigando à desistência em lágrimas, ao fim de 58 minutos.

Este foi o 10.ª título de singulares conquistado pela australiana, de 24 anos, o segundo da presente temporada, após ter erguido o troféu no Yarra Valley Classic, na Austrália, no início de fevereiro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.