A velejadora olímpica da Tunísia Eya Guezguez morreu no domingo, durante um acidente no treino a par da irmã, que foi sua colega de equipa em Tóquio2020 e sobreviveu, revelou hoje o Comité Olímpico Internacional (COI).

Devido aos ventos fortes, o barco em que Sarra e Eya Guezguez seguiam virou, causando a morte de Eya, enquanto Sarra sobreviveu.

As duas tinham competido na corrida de 49er FX dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, acabando no 21.º lugar, e preparavam nova campanha olímpica, a caminho de Paris2024.

“Estou chocado com a notícia desta morte de um talento inspirador e um modelo para atletas da sua geração. A participação, ao lado da irmã gémea, em Tóquio2020, continuará a motivar raparigas em todo o mundo”, declarou o presidente do COI, Thomas Bach, citado em comunicado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.