Para já são 37 treinadores ligados a algumas das maiores equipas de CS: GO a nível mundial a serem suspensos temporariamente, mas mais podem ser sancionados. Apenas 20% das demos das partidas que fazem parte da investigação da ESIC (Esports Integrity Comission) foram ainda analisados.

Em questão está a utilização de um exploit de CS: GO, um bug que aparentemente já havia sido reparado, mas que continua a ser explorado em outras formas. Trata-se do Spectator Bug, que permitiu os treinadores terem acesso a perspetivas privilegiadas do jogo, tal como colocar a ação na terceira pessoa e roda a câmara em torno do jogador, por exemplo.

O papel do treinador na partida é dar instruções à sua equipa sobre táticas ou abordagens, usando a mesma perspetiva dos jogadores, na primeira pessoa. E esse bug tem vindo a dar uma ajuda aos treinadores e equipas, algo ilegal no regulamento das competições. Segundo refere a ESIC na sua declaração, foi pedido ao árbitro Michal Slowinski, responsável pela descoberta do uso do exploit, que ajudasse nas investigações atuais.

Ao todo estão a ser analisados 25 mil demos das partidas, da base de dados da ESEA e HLTV, para encontrar o uso indevido do bug. Estima-se que no total tenham sido extraídas quase 100 mil demos, o equivalente a 15,2 TB de dados para análise no processo. Apenas 20% do total das demos já foram analisadas, e nas quais apenas 0,1% continham indícios do abuso do Spectator Bug. Espera ter um relatório final e completo no final de outubro.

Da investigação já surgiram as primeiras sanções a 37 treinadores, que podem ser vistos no documento anexado pela entidade reguladora, com os respetivos links para a partida em que foi cometida a irregularidade e o respetivo vídeo de prova.

A ESIC foi implacável e dos treinadores suspensos existem penas que vão aos 36 meses, como foi o caso de MechanoGun "zoneR” da Hard Legion ou os 19,8 meses que Allan “Rejin” Petersen da Tricked recebeu no processo. Outras equipas como as brasileiras MiBR e Furia, Ninjas in Pyjamas, Gambit Youngsters, paiN, Heretics, FaZe Clan, NAVI e HellRaisers viram os seus treinadores envolvidos no mesmo processo de suspensão de vários meses.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.