O River Plate perdeu com o Boca Juniors por 1-0 mas apurou-se para a final da Taça Libertadores da América. Os 'millionarios' beneficiaram da vitória por 2-0 no primeiro jogo para seguir para a sua segunda final consecutiva.

Além do resultado em si, outro tema marcou este jogo. Diz a imprensa argentina que foi encontrado um bruxo no balneário do River Plate, a trabalhar não se sabe para quem, uma hora antes do início da partida. É que nenhum dos dois clubes assume a 'encomenda': o Boca Juniors diz que o homem entrou na Bombonera com a comitiva do River Plate; o rival contra-ataca e garante que nunca recorreu a tais práticas.

O homem acabou por ser expulso por funcionários da CONMEBOL já que não estava autorizado a estar no local. Quando foi apanhado, estava a 'fazer um trabalho', já com velas acesas.

Não se sabe se o 'serviço' do bruxo foi terminado ou não. O certo é que o Boca Juniors venceu por 1-0 mas foi insuficiente para seguir em frente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.