Diversas rusgas da polícia grega a claques de futebol, dias após o assassinato de um adepto em Salónica, resultaram hoje na apreensão de várias armas.

As autoridades fizeram buscas junto de quatro grupos de adeptos em Atenas e 13 em Salónica, onde um jovem de 19 anos foi morto à facada, na terça-feira, junto ao estádio do Aris Salónica.

Dezenas de facas, machados, sinalizadores, varas de madeira, bombas de fumo e capacetes de moto foram confiscados durante as operações, que não resultaram em qualquer prisão, segundo a polícia.

As claques em causa estão ligadas aos principais clubes do país, nomeadamente ao Olympiacos, treinado por Pedro Martins, Panathinaikos, AEK, PAOK e Aris Salónica.

Na quinta-feira, foi detido um homem de 23 anos, suspeito de esfaquear o adepto: dois amigos do adolescente também ficaram feridos.

De acordo com várias testemunhas, as vítimas, com idades compreendidas entre 18 e 20 anos, caminhavam perto do estádio do Aris quando dois carros pararam e os seus ocupantes saíram para agredir o trio enquanto gritavam insultos ao Aris.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.