Valência e Barcelona empataram esta quarta-feira a dois golos, no Mestalla, em jogo da quinta jornada da Liga espanhola.

Os da casa inauguraram o marcador, por Abidal, num autogolo, aos 12 minutos, Pedro empatou logo a seguir (14’). O Valência foi a vencer para o intervalo, com um golo de Pablo Hérnandez, aos 23’. Fàbregas, aos 77’, desfez o sonho de vitória da equipa de Miguel ao fazer o 2-2, que deu um ponto aos culés.

Previa-se um jogo intenso e assim foi. O Valência recebeu os catalães na condição de líder e depois da equipa de Guardiola ter goleado o Osasuna (4-0). Mas a turma valenciana não se amedrontou e foi com naturalidade, e alguma sorte, que se chegou ao golo. Mathieu, que fez um grande jogo, a cruzar e na tentativa de cortar, Abidal traiu Valdés e fez autogolo.

Na resposta, que não se fez esperar, Messi desmarcou Pedro para o golo do empate. O Valência chegou de novo à vantagem por Pablo Hérnandez (23’) com a defesa catalã a esquecer-se do jogador que na cara de Valdés não se fez rogado.

Os valencianos poderiam terá ampliado a vantagem, não fosse Soldado (41’) a não saber aproveitar um cruzamento perfeito de Mathieu. À boca da baliza, e já sem Valdés pela frente, conseguiu ‘encostar’ para fora.

Na segunda parte, o Valência, sem apresentar um jogo espetacular, conseguiu tapar bem as linhas de passe dos catalães, mas na reta final, o Barcelona pareceu ganhar vida.

Fàbregas, aos 77’, foi deixado à solta pela defesa e frente a frente com Guaita não perdoou.

Nota ainda para o remate de Mascherano, aos 68’, num potente remate à trave.

O Valência, com 10 pontos, está na frente isolado, mas terá de esperar pelo resultado do Betis de Sevilha, que joga quinta-feira com o Saragoça.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.