O internacional português Zé Castro e o Deportivo da Corunha, da segunda liga espanhola de futebol, chegaram esta segunda-feira a um acorda para a rescisão de contrato do jogador, que tinha renovado na última época.

Em comunicado publicado na sua página web, o clube galego esclarece que assim «cumpre mais uma das exigências da administração judicial», após já ter chegado a acordo para outras saídas, como a de Bruno Gama, que rumou ao Dnipro, da Ucrânia.

O "Depor" desceu da primeira liga na última época e arriscava a descida administrativa ao terceiro escalão, por dívidas aos jogadores.

Zé Castro, que tinha um dos salários mais elevados no clube, não jogou no passado sábado, na primeira jornada da competição, em que o Corunha ganhou por 1-0 no campo do Las Palmas. Estava no Deportivo da Corunha desde a época 2007/08, transferido do Atlético Madrid.

No comunicado, o clube agradece ao jogador «o profissionalismo ao longo de todo este tempo» e deseja-lhe «muitas felicidades na carreira desportiva».

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.