Após ser goleado na Noruega por 6-1 frente ao modesto Bodo/Glimt, José Mourinho admitiu que os jogadores utilizados nesta partida não estão ao mesmo nível dos habituais titulares da Roma.

Tiago Pinto, diretor geral do clube italiano, também foi confrontado com esta situação.

"Desde o dia 1 de setembro que vocês [imprensa] têm tentado criar um diferendo entre mim e o treinador. Ele fala assim porque temos um projeto que queremos levar adiante desde o primeiro dia. Conversamos muito sobre a palavra 'tempo' e estamos alinhados, sem dúvida", disse Tiago Pinto à Sky Sports Italia.

"Estamos unidos e alinhados, somos uma família, como Mourinho já disse. Se fizermos uma comparação com equipas que visam ganhar o campeonato ou a Liga dos Campeões, a história é diferente, mas isso faz parte do nosso projeto. Para mim, com todo o respeito pelo seu trabalho [do jornalista], desde o dia 1 de setembro que você faz sempre a mesma pergunta, à procura de um problema que não existe", explicou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.