A decisão de transferir a a final da Liga dos Campeões de Istambul para o Porto está tomada e a UEFA anunciará esta quinta-feira publicamente. A notícia foi avançada esta tarde de quarta-feira pelo jornal norte-americano "The New York Times"

A final da edição 2020/21 será disputada entre Chelsea e Manchester City a 29 de maio.

A prova estava inicialmente marcada para Istambul, mas o governo britânico exigia quarentena obrigatória de 10 dias a todos os integrantes das comitivas de Manchester City e Chelsea que se deslocassem à Turquia.

A Turquia está na lista vermelha de Inglaterra, numa altura em que o país regista 20 mil casos diários de COVID-19.

Esta será a terceira vez que Portugal recebe a final da Liga dos Campeões, sendo que as duas primeiras tiveram como palco o Estádio da Luz, em Lisboa, em 2014 e 2020.

Uma vez mais sem a final da Liga dos Campeões, a Turquia deverá ser recompensada em 2023, com a promessa de ser palco da decisão da prova máxima de clubes num ano que marcará o centenário da república turca.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.