Declarações de Jorge Jesus, treinador do Benfica, à Eleven Sports, após a goleada sofrida diante do Bayern Munique.

Mexidas na equipa: "Saio convencido de que esta equipa do Bayern é forte. Justificou isso mais uma vez, com uma intensidade muito alta de jogo. Como tínhamos três jogadores com segundo amarelo tentámos defender a equipa para os jogos da decisão. Hoje o jogo teve coisas muitas boas, com jogadores que se comportaram muito bem e não têm jogado tanto. Não direi que é um resultado pesado, face à qualidade do Bayern, mas não é fácil. Fazem quase sempre 4 ou 5 golos. Não saímos daqui satisfeitos, mas também não é muito normal fazer dois golos aqui. Há coisas boas que ficaram para a nossa estratégia".

Veja as melhores imagens do jogo!

Golo anulado ao Benfica: "Defrontamos uma equipa com muita qualidade. Mas é verdade que o Benfica entrou bem no jogo. O Benfica faz primeiro 1-0 e há uma decisão do VAR que, parece-me, não foi a melhor [golo anulado de Lucas Veríssimo]. De qualquer da maneira, o Benfica teve sempre o jogo dividido, sabendo que o Bayern quando acelera o jogo é muito forte, uma intensidade forte, tem quatro avançados que não é fácil parar. Já sabíamos isso."

Resultado seria diferente com o 1-0 anulado ao Benfica? "Poderia ser diferente defensivamente. Nalguns golos normalmente fazemos melhor. Estes jogadores criam grandes problemas. Tens de dar mérito. Duvido que haja alguma equipa com esta intensidade de jogo, quando tem bola e quando não tem. Puseram-nos à prova, obrigaram-nos a correr muito. Mas houve jogadores que me deram boas indicações."

O que leva de positivo?  "O jogo na primeira parte parece que estava equilibrado, e estava no contexto do jogo. Mas sempre que aqueles jogadores do Bayern se movimento para achar espaço e definição da última jogada são jogadores perigosos. Criaram alguns problemas principalmente primeira na parte no nosso lado esquerdo. Houve coisas boas neste jogo. O resultado não é bom, perder de 5-2, mas fizeste dois golos. Mas não satisfaz, perdeste. Mas houve coisas que foram boas principalmente do ponto vista individual de jogadores que entraram na equipa e não têm jogado tanto e que deram uma boa resposta. Isso foi deste jogo que era aquilo que eu esperava que tivesse esse aproveitamento individual de alguns jogadores".

Próximo jogo com Barcelona: "Temos de ser pragmáticos e objetivos. Quando foi o sorteio, com Bayern e Barcelona, todos diziam que dificilmente seríamos apurados. Mas face à nossa qualidade ainda estamos a pôr em dúvida o apuramento do Barça. Temos chance de depender só de nós. Mas um jogo de cada vez. Primeiro o de Barcelona e depois com o Kiev."

O Benfica perdeu esta terça-feira por 5-2 no reduto do Bayern Munique, duas semanas após o 0-4 caseiro, e cedeu o segundo lugar do Grupo E da Liga dos Campeões em futebol, enquanto os bávaros já estão nos ‘oitavos’.

Em encontro da quarta jornada, o polaco Robert Lewandowski, aos 26, 61 e 84 minutos, Serge Gnabry, aos 32, e Leroy Sané, aos 49, marcaram para os bávaros, enquanto o brasileiro Morato, aos 38, e o uruguaio Darwin Núñez, aos 74, faturaram para as ‘águias’.

O ‘onze’ de Jorge Jesus caiu para o terceiro lugar, com quatro pontos, contra seis do FC Barcelona, que voltou a vencer o Dinamo Kiev (quarto, com um), agora na Ucrânia (1-0), e na próxima ronda recebe os ‘encarnados’, em 23 de novembro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.