José Mourinho não revela a equipa que vai jogar contra o Benfica mas tem confiança que os 'encarnados' vão fazer um bom jogo.

Em antevisão do encontro da Liga dos Campeões, o técnico do Manchester United afirma que as 'águias' precisam de pontos.

"Não dou a equipa, em primeiro lugar porque os jogadores não sabem, em segundo lugar, com as lesões que temos, é um exercício para vocês [jornalistas] fazerem com garantias de sucesso porque as nossas opções são tão poucas que deve ser fácil para vocês. O Benfica, pelas minhas contas, pode ser primeiro do grupo, com 12 pontos. Pode ser segundo de grupo, com 10 pontos, com menos de dez pontos acho que não se qualifica. Por isso acho que o Benfica precisa obrigatoriamente de fazer pontos no jogo de amanhã. Qual é a estratégia que ele vai escolher para esse objetivo, vai ser mais defensivo menos defensivo, não sei", referiu.

"Sei que estudei o melhor possível o Benfica. O Rui já fez coisas tão diferentes na Champions, já jogou com três médios, com dois médios, com o Pizzi no corredor para fechar dentro e fazer o terceiro homem. Fez tanta coisa que eu já conheço todas, a não ser aquilo que ainda não tinha feito. Vamos tentar fazer o nosso jogo, defender as nossas fragilidades, que também as temos, e conseguir um resultado", afirmou o técnico, elogiando a carreira do Luisão no Benfica.

"Ele chegou na minha última época, acho que é uma carreira quase única, especialmente para um jogador estrangeiro que ficou tantos anos num país. Se o tentei levar para o Chelsea, honestamente não, mas é um jogador que admirei, pela sua regularidade, pela sua competência, por esta lealdade e por esta paixão que tem ao Benfica e por Portugal. Li alguma coisa do irmão dele onde diz que o Luisão vai terminar a carreira no Benfica e eu acho que pode e deve".

Sobre o seu regresso à Luz, Mourinho avisa que desta vez é diferente. O jogo é a ´doer`, pelo que não haverá facilitismos.

"17 anos é muito tempo mas lembro-me do início da carreira aqui no Benfica, ainda joguei aqui um Benfica - FC Porto. Regressei a Portugal, tanto ao FC Porto como a Alvalade, nunca à Luz. Aqui foi sempre em jogos a brincar, de boas sensações, em jogos de simpatias. Amanhã é a sério, com todo o respeito que o Benfica e os benfiquistas merecem, eu vou tentar ganhar", disse Mourinho.

Quanto à qualificação do Benfica, Mourinho acredita que não é um problema dele, mas que os seus jogadores já conhecem a força dos 'encarnados'.

"Qualificar e não qualificar não é problema meu. Acontece a muitas equipas, aconteceu há dois anos com o Manchester United. E acontece as equipas europeias que, quase ciclicamente, nao garantem a qualificação. Digo o que já disse antes, o Benfica com 12 pontos é lider do grupo, só tem de ganhar os quatro jogos que faltam. O Benfica é para mim muito melhor que o Basileia e o CSKA. Agora provar aos meus jogadores que perdeu 5-0 e 2-1 com estas equipas é melhor, acho que consegui. Depois da reunião que tivemos esta manhã, os meus jogadores sabem que o Benfica é uma boa equipa e vai ser difícil para nós".

O Benfica recebe o Manchester United esta quarta-feira, em jogo a contar para a terceira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.