O treinador do Marítimo assumiu hoje o favoritismo da sua equipa para o jogo de quinta-feira frente aos irlandeses do Sporting Fingal, relativo à primeira mão da segunda pré-eliminatória da Liga Europa de futebol.

“Dizem que o Fingal, por ser uma equipa da Irlanda, é um conjunto secundário e fácil de bater, mas não é assim. Eles já fizeram 20 jogos do campeonato esta época e não jogam o futebol que é típico na Irlanda ou na Escócia. Jogam um futebol elaborado e bonito de se ver”, adiantou Van der Gaag.

Contudo, o treinador holandês assumiu o favoritismo do Marítimo, garantindo que não haverá desculpas se a equipa não conseguir ultrapassar o conjunto irlandês.

“Estamos ainda em fase de pré-temporada, mas preparados para o jogo, por isso não haverá desculpas. Somos favoritos, mas isso por si só não ganha jogos, temos que demonstrá-lo no campo”, afirmou, avisando que este tipo de equipas não concedem facilidades.

“É um jogo importante para nós, mas também o será para eles e é preciso notar que a estas equipas não lhes falta atitude. Se pensarmos que será fácil, já perdemos o jogo”, adiantou a concluir.

Os insulares ficaram à última hora sem o concurso do médio brasileiro Rafael Miranda, lesionado, informação prestada pelo técnico holandês.

Devido às obras no estádio dos Barreiros, o plantel "verde rubro" vai actuar em casa do grande rival Nacional. Hoje, os jogadores maritimistas estiveram a aguardar durante 50 minutos para que fossem abertas as portas para o treino, tempo que durou a vistoria efectuada pelos responsáveis dos dois clubes.

O Marítimo recebe na quinta-feira, no Estádio da Madeira, pelas 19:45 os irlandeses do Fingal, em partida que será dirigida pelo árbitro luxemburguês Luc Wilmes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.