Unai Emery vai disputar a sua quinta final da Liga Europa, prova que já ganhou em três ocasiões, todas pelo Sevilha. A final perdida foi pelo Arsenal. Agora poderá levantar o troféu pela quarta vez, quando o seu Villarreal defrontar o Manchester United de Bruno Fernandes, esta quarta-feira.

Em entrevista ao jornal 'Marca', o técnico espanhol recordou uma conversa com Alex Ferguson onde defendeu a importância da segunda prova da UEFA.

"Uma vez, numa reunião de treinadores em Nyon fiz uma defesa da Liga Europa e o Ferguson perguntou-me: 'Não gostavas de ganhar a Liga dos Campeões?' Respondi-lhe: 'Sim, claro que gostava. Mas a Liga Europa é uma prova onde muitas equipas, muitos adeptos e muitos jogadores encontram um reconhecimento importante'. E agora o Manchester United está na Liga Europa há muitos anos, ansiando por isso e às vezes tendo que vencê-la para ir à Liga dos Campeões. Foi isso que aproximou a Liga Europa da Liga dos Campeões", recordou.

O técnico do 'Submarino Amarelo' reconheceu que o United é favorito, pelo que sua equipa terá muitas dificuldades.

"Para mim o Manchester United partia como principal favorito, juntamente com os outros clubes ingleses, o Tottenham, Arsenal e o Leicester, os italianos, Milan e Roma, e os espanhóis. Sabemos e reconhecemos a capacidade do principal favorito para a ganhar. Temos de colocar em campo a nossa principal versão, bem como anular coisas no Manchester United. Em 90 minutos pode haver momentos em que o favoritismo pode ser igualado ou até mesmo superado. São coisas que trabalhamos no sentido de poderem acontecer a nosso favor", atirou.

A final da Liga Europa está marcada para às 20h00 desta quarta-feira, na Polónia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.