Bruno Fernandes = Bilhete para Portugal

Dois golos de um inspirado Bruno Fernandes valeram a Portugal o triunfo por 2-0 sobre a Macedónia do Norte, no Dragão, resultado que qualifica a equipa das Quinas para a fase final do Mundial de futebol de 2022. No último suspiro, Portugal não falhou, perante um adversário claramente inferior numa exibição segura, quanto baste.

Apesar de ter posto a jeito, com aquele impensável desaire por 2-1 na receção à Sérvia a fechar a fase de grupos, a equipa das quinas acabou, mesmo assim, por somar uma 12.ª presença consecutiva em fases finais, que não falha desde 1998.

Bruno Fernandes foi a grande figura da noite, com golos aos 32 e 65 minutos, servido por Cristiano Ronaldo e Diogo Jota, respetivamente, num embate em que o veterano Pepe devolveu a segurança defensiva à formação lusa

Em relação ao jogo de quinta-feira com a Turquia, Fernando Santos mudou três peças, todas na defesa, com as entradas de Cancelo, após castigo, Pepe, recuperado da covid-19, e Nuno Mendes, para os lugares de Dalot, Fonte e Raphaël Guerreiro.

Perante uma equipa em ‘4-4-2’, e sem qualquer tática muito defensiva, Portugal, com Bernardo Silva a pegar na batuta, assumiu o comando do encontro desde início, mas a velocidade moderada, tentando manter a bola e não correr riscos.

Momento do jogo aconteceu antes do apito inicial

Cristiano Ronaldo tinha pedido, na conferência de imprensa de antevisão desta mesma partida, e o público no estádio respondeu à altura. O hino 'A Portuguesa' foi cantada - e sentida - pelos quase 50 mil espectadores na casa do FC Porto. Duvidam que foi esta força que motivou a vitória de Portugal?

Bruno Fernandes, o inspirado, e Pepe, o patrão

O médio do Manchester United teve uma noite inspirada, mostrando-se muito atento aos lances ofensivos, daí ter estado no lugar certo no momento certo na finalização. Bruno Fernandes contou com uma 'oferta' de CR7 no primeiro golo, mas no segundo houve um toque de mestre.

Numa altura em que a relação de Bruno Fernandes com os adeptos - e comentadores - ingleses é um pouco intermitente, os dois golos devem servir para falarem, pelas boas razões, do Bruno em terras de sua Majestade.

E o que dizer de Pepe? Ausente no primeiro jogo por estar a recuperar de uma infeção por covid-19, o central do FC Porto esteve numa noite irreprensível. Enquanto defesa, o jogador de 39 anos é capaz de fazer qualquer um levantar da cadeira com a sua segurança e peripécia na hora de fazer um assalto à bola do adversário.

O que se disse depois do jogo

Cristiano Ronaldo: "Estamos no nosso devido lugar"

Ristovski já sabe por quem vai torcer no Mundial: "Sinto-me um pouco português"

António Costa felicita Seleção: "O esforço valeu a pena"

Pepe: "Seria muito injusto falharmos o Mundial"

Vitinha: "Estrear-me com a qualificação garantida e neste estádio é perfeito"

Fernando Santos: "Já ganhei duas competições, agora sonho com o Mundial"

Nuno Mendes: "A Macedónia veio com tudo"

Marcelo Rebelo de Sousa: "Não tivemos de sofrer nem esperar"

Bruno Fernandes: "Já fizemos melhores exibições, mas esta é uma das que marca"

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.