Após a derrota com a Coreia do Sul, Cristiano Ronaldo acusou Cho Gue-Sung de o estar a mandar para fora de campo de forma mais rápida durante uma substituição. Agora foi a vez de o jogador sul-coreano explicar-se.

"Nem chegámos a falar depois do jogo, mas são coisas acontecem durante um jogo de futebol", disse o jogador asiático, depois da eliminação da Coreia do Sul, na sequência da derrota (4-1) com o Brasil.

Cho Gue-Sung aproveitou o momento para deixar algumas palavras a Paulo Benfica, depois de o treinador portugês ter anunciado o adeus.

"Estou muito agradecido por tê-lo tido como professor. Houve lágrimas no balneário quando falámos, vou recordá-lo com um dos treinadores mais importantes da caminha carreira", referiu.

Tudo sobre o Mundial2022: jogos, notícias, reportagens, curiosidades, fotos e vídeos

Recorde-se que Cristiano Ronaldo esteve ainda envolvido noutra polémica, no mesmo, jogo, quando foi substituído aos 65 minutos, pouco depois do que aconteceu com Cho Gue-Sung.

O SAPO está a acompanhar o Mundial mas não esquece as vidas perdidas no Qatar. Apoiamos a campanha da Amnistia Internacional e do MEO pelos direitos humanos. Junte-se também a esta causa. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.