Em outubro, Mesut Ozil não foi inscrito pelo Arsenal na Premier League, estando, por isso, impedido de competir. O atleta, que termina contrato com os ‘gunners’ no verão, não compete desde março e agora até janeiro só vai poder jogar pela filial do clube inglês, que representa desde 2013. Esta quinta-feira, Mikel Arteta voltou a falar do caso Ozil.

"Estou magoado porque não gosto que nenhum jogador do meu plantel não tenha a possibilidade de participar ou de lutar por um lugar na equipa, para mim é muito triste porque não acho que alguém mereça isso", começou por explicar o treinador do Arsenal à BeIN Sports.

"Tento ser o mais claro possível com ele e com os adeptos e com todos os meios de comunicação porque eles merecem saber as razões e algumas pessoas vão perceber e outras não vão perceber", acrescentou ainda.

Além disso, Arteta garantiu que "todos os jogadores podem" voltar à equipa. "Eu acho que desde que cheguei aqui dá para notar onde alguns jogadores começaram e onde estão agora, dá para notar como as suas carreiras mudaram completamente e eles mereceram esse direito. Damos a todos as mesmas oportunidades e alguns aproveitaram", rematou o técnico dos gunners.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.