Renato Sanches deveria ter regressado esta semana ao Swansea, depois de ter partido para a Alemanha para terminar a recuperação à lesão que o tem afetado. Carlos Carvalhal tinha dado conta desta situação na semana passada, mas a equipa médica dos 'bávaros' achou que o português ainda não estava nas melhores condições.

"Vou dar a informação que tenho. Não vou mentir nem fazer 'bluff'. Ele fez um exame na segunda-feira e o médico, em Munique, disse que era melhor ele ficar mais uma semana, porque ainda não está totalmente recuperado e querem enviá-lo apto a treinar. Vai fazer um novo exame para a semana, segunda ou terça-feira, e se tudo estiver vem, ele volta. Em resumo, depende do exame. Mas está a melhorar. Não está a perder tempo, é apenas precaução", adiantou o treinador português em conferência de imprensa.

Carvalhal revelou ainda que espera que Renato Sanches possa voltar a jogar pelo Swansea ainda esta temporada, ainda que faltem cinco jornadas para o fim do campeonato.

"Depende de quando começar a treinar e da condição física. E também das oportunidades que poderá ter. Mas se voltar a treinar poderá aparecer nos últimos jogos", garantiu o técnico de 52 anos.

O português foi ainda questionado se Renato Sanches gostaria de voltar a jogar pelos 'swans': "Se ele quer voltar? Claro que quer. Ele está desesperado por voltar a treinar e jogar. E por ser feliz. Um jogador só é feliz quando joga. Um atleta que não pode treinar nem jogar fica desiludido, isso acontece com todos os jogadores do mundo. Há outros na mesma situação."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.