O futebolista do City tem estado no centro de um escândalo que abalou o desporto britânico, alegadamente por a sua antiga namorada se ter envolvido com Terry, quando os dois jogadores representavam o Chelsea.

O escândalo levou o seleccionador de Inglaterra, o italiano Fábio Capello, a retirar a braçadeira de capitão de equipa a Terry, para evitar uma potencial rotura na equipa.

"Tenho pensado muito sobre a minha posição na selecção, decorrente das informações conhecidas nas últimas semanas. Foi sempre uma honra jogar pela Inglaterra. Todavia, a minha posição é agora insustentável e potencialmente divisionista", escreveu Bridge na nota, concluindo: "Lamento, mas para evitar distracções e para o bem da equipa, decidi retirar-me".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.