O treinador português de futebol José Mourinho, do Manchester United, insistiu hoje que conta “a cem por cento” com o avançado Wayne Rooney para a próxima época.

Wayne Rooney, máximo goleador da história do clube inglês, tem perdido protagonismo nos ‘red devils’ desde a chegada de José Mourinho a Old Trafford, e esteve na mira de clubes chineses e do Everton, onde se formou.

"Até ao final da época está a 100 por cento com a gente. E conto igualmente a cem por cento com ele para que continue aqui na próxima época", referiu José Mourinho, que falava na antevisão do jogo de sábado com o Bournemouth.

Beijing Guoan, Jiangsu Suning e Guangzhou Evergrande foram os clubes chineses que demonstraram interesse em contratar o capitão dos ‘red devils’ e da seleção inglesa na última janela de transferências.

Da China chegaram propostas para a transferência do avançado inglês a rondar os 884 mil euros semanais, o que faria de Wayne Rooney, de 31 anos, o futebolista mais bem pago do mundo.

Rooney, há 13 anos no Manchester United, demonstrou já vontade de cumprir o contrato até ao seu termo, em junho de 2019, apesar de ter sido titular apenas por três vezes desde 17 de dezembro.

O avançado também já disse que, em Inglaterra, só representará o Manchester United e o Everton, clube onde se formou e de onde saiu para Old Trafford, aos 18 anos, por 31,4 milhões de euros, e que gostaria de voltar a contar com Rooney.

Do currículo de jogador, desde a sua chegada ao Manchester United, em 2004, consta a conquista de cinco títulos da Premier League, uma Taça de Inglaterra, duas Taças da Liga, quatro Supertaças, um Mundial de Clubes e uma Liga dos Campeões.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.