Vitórias de outubro e novembro deram fulgor ao Benfica

Benfica chega ao encontro da 13.ª jornada na terceira posição, a três pontos do líder FC Porto e a um do Sporting, que é segundo.

Os encarnados iniciaram o campeonato desta temporada carregando o título de tetracampeão nas costas e também com três triunfos (Braga, Chaves e Belenenses). À quarta jornada, Rui Vitória escorregou no terreno difícil do Rio Ave em Vila do Conde e empatou a um golo. Seguiu-se uma vitória em casa diante do Portimonense, mas a euforia durou apenas uma jornada. À sexta jornada chegou a primeira derrota (2-1) no Bessa. Após a vitória (2-0) caseira diante do Paços de Ferreira, veio novamente um empate (1-1), desta vez na Madeira contra o Marítimo.

Desde a nona até à 12.ª jornada, o Benfica conseguiu um ciclo vencedor de quatro vitórias (Aves, Feirense, Vitória de Guimarães e Vitória de Setúbal).

Rui Vitória e o clássico: "É mais importante que qualquer email, twitter ou facebook"
Rui Vitória e o clássico: "É mais importante que qualquer email, twitter ou facebook"
Ver artigo

Os triunfos alcançados nos meses de outubro e novembro - além do empate do FC FC Porto na Vila das Aves na 12.ª jornada - permitem ao Benfica entrar no Estádio do Dragão com a hipótese de igualar pontualmente o líder e Rui Vitória já admitiu a importância do jogo de hoje. Quem pode sair em vantagem deste clássico é o Sporting, caso haja empate na Invicta.

Chegar ao clássico com uma campanha desastrosa na Champions

A campanha desastrosa do Benfica na presente edição da Liga dos Campeões pode entrar para a história como a pior de sempre de uma equipa portuguesa no atual formato da competição. Os 'encarnados' perderam cinco jogos consecutivos e sofreram um total de 12 golos, sendo que apenas marcaram um.

Benfica em risco de se tornar a pior equipa portuguesa de sempre na 'Champions'
Benfica em risco de se tornar a pior equipa portuguesa de sempre na 'Champions'
Ver artigo

O detentor do pior registo de sempre de uma equipa portuguesa na fase de grupos da Liga dos Campeões pertence atualmente ao Sporting que na época 2000/2001 fez apenas dois pontos em seis jogos, mas a equipa de Rui Vitória está em risco de assumir esse 'estatuto' caso não vença o Basileia no último jogo.

Recorde-se que nunca uma equipa portuguesa tinha ficado em 'branco' ao final de cinco jornadas na prova, mesmo contando com a campanha do SC Braga da época 2012/2013 (tinha três pontos à quinta jornada) e do Sporting da época 2000/2001 (tinha um ponto ao fim de cinco jogos).

Apesar de ainda haver a possibilidade de não se tornar na pior equipa portuguesa de sempre na Liga dos Campeões, a verdade é que com a derrota frente ao CSKA de Moscovo este Benfica de Rui Vitória tornou-se na pior versão da história dos 'encarnados' na competição.

Mesmo que vença o Basileia na última jornada, o Benfica não irá igualar o pior registo até à data de uma equipa da Luz na prova 'milionária', uma vez que a versão de Jorge Jesus de 2014/2015 terminou a fase de grupos em quarto lugar, mas com cinco pontos.

De resto, e a nível de golos marcados, apenas o Anderlecht iguala a 'seca' do Benfica nesta edição onde apenas marcou um golo.

Rui Vitória nunca venceu o FC Porto

O treinador Rui Vitória nunca venceu o FC Porto e apenas logrou um empate nas visitas ao reduto dos ‘dragões', onde vai liderar domingo o Benfica no clássico da 10.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Desde que iniciou a carreira de técnico principal, em 2002, ao serviço do Vilafranquense, Rui Vitória cruzou-se com os ‘azuis e brancos' em 17 ocasiões, sendo que não conseguiu melhor do que seis empates.

De resto, nas oito deslocações à casa dos portistas, o técnico alcançou somente dois empates e averbou seis desaires, cinco dos quais nas últimas seis visitas.

Nenhuma vitória em 17 jogos. FC Porto é a ´besta negra` de Rui Vitória
Nenhuma vitória em 17 jogos. FC Porto é a ´besta negra` de Rui Vitória
Ver artigo

Nos oito jogos em que foi anfitrião do FC Porto, Rui Vitória melhorou ligeiramente o desempenho, embora sem conquistar qualquer triunfo, uma vez que registou quatro empates e quatro derrotas.

Além destes 16 embates, há ainda a registar outro, em campo neutro, na disputa pela Supertaça Cândido de Oliveira de 2013, na qual o Vitória de Guimarães foi derrotado pelo FC Porto, por 3-0, no Estádio Municipal de Aveiro.

Benfica em desvantagem no histórico de confrontos

O FC Porto já soma mais cinco triunfos do que o Benfica no histórico do clássico futebolístico entre os dois clubes, que tem o capítulo 237 marcado para esta sexta-feira no Estádio do Dragão.

Depois do pleno da temporada 2015/2016, com vitórias por 1-0 (em casa) e 2-1 (fora), em jogos da I Liga, os ‘azuis e brancos’ passaram a somar 91 vitórias, contra 86 dos ‘encarnados’, num duelo que exibe ainda 59 igualdades.

A vantagem global do FC Porto assenta nos jogos realizados em casa, onde triunfou em 66 das 111 receções ao Benfica (60 por cento de vitórias), cedendo apenas 28 igualdades e 17 desaires, com 225 golos marcados e 116 sofridos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.