O Casa Pia procura conquistar espaço na elite do futebol português, com nove reforços anunciados e poucas saídas de titulares na equipa que consumou o regresso à I Liga, 83 anos depois da única presença.

A formação lisboeta, que mantém o treinador Filipe Martins no comando, assegurou a subida direta ao escalão principal com o segundo lugar na edição 2021/22 da II Liga, só atrás do campeão Rio Ave, e parte para esta temporada com a manutenção em mente.

Com o Estádio Pina Manique indisponível durante, pelo menos, metade da temporada, devido a obras que permitam ao recinto ter condições para albergar partidas da I Liga, o Casa Pia fará do Estádio Nacional, em Oeiras, um local provisório nos jogos caseiros.

Especial Primeira Liga 2022/23: tudo sobre a nova época - análises, opiniões, galerias, vídeos e muito mais sobre mais uma edição do campeonato nacional

Sem Jota Silva, recrutado pelo Vitória de Guimarães depois de se ter tornado uma das principais referências dos ‘gansos’ no ano transato, o maltês Zach Muscat, que acabou contrato sem o renovar, e João Vieira, transferido para o Torreense, o Casa Pia buscou, na hora de atacar o mercado, experiência e juventude para suprir as vagas no plantel.

Prova disso foram as aquisições dos defesas Fernando Varela (ex-PAOK, da Grécia) e de João Nunes (ex-Puskás Akadémia, da Hungria), e do médio Yan Eteki (ex-Granada, de Espanha), que contam com experiência internacional, ou do avançado Rafael Martins, oriundo do Moreirense, que ostenta vários golos e anos de I Liga no seu currículo.

Por outro lado, o central Léo Bolgado (ex-Leixões) e o médio Diogo Pinto (ex-Estrela da Amadora) reforçam o clube também vindos da II Liga, oferecendo juventude à equipa, tal como o venezuelano Eduardo Fereira, o japonês Takahiro Kunimoto e o brasileiro Clayton, que irão ter as suas primeiras experiências longe dos respetivos continentes, e o também ‘canarinho’ Anderson Cordeiro, já com passagens por Bulgária e Espanha.

No entanto, alguns dos destaques da última época prosseguem ao serviço do Casa Pia, como o guarda-redes Ricardo Batista, os centrais Vasco Fernandes e Nermin Zolotic, o lateral Leonardo Lelo, os médios Afonso Taira e Ângelo Neto ou os avançados Leandro Sanca, Lucas Soares e Saviour Godwin, uma das principais figuras da formação lisboeta.

O Casa Pia visita o reduto do Santa Clara na primeira jornada da I Liga, com o primeiro teste ‘de fogo’ agendado logo para a segunda ronda, na receção ao Benfica. Os duelos com o Sporting serão na 10.ª e 27.ª jornadas, enquanto os jogos com o FC Porto serão na 15.ª e 32.ª. A fechar a prova, está um confronto com o Gil Vicente, como forasteiro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.