O Sporting visita na noite desta sexta-feira o Farense, a partir das 21h00, em jogo a contar para a 27ª jornada do campeonato nacional de futebol.

Os leões chegam a este encontro na liderança da competição, com 66 pontos (20 vitórias e seis empates), mas na ressaca de dois empates consecutivos: primeiro no reduto do Moreirense, por 1-1, e na receção ao Famalicão, também por 1-1.

Já o Farense recebe este encontro no 17º posto, ou seja na linha de despromoção. Os algarvios somam 22 pontos, fruto de cinco vitórias, sete empates e 14 derrotas. Nas duas rondas anteriores, o Farense foi derrotado duas vezes: primeiro por 2-1 na receção ao Sporting de Braga, e na última jornada, por 1-0, na visita ao Marítimo.

Histórico de confrontos

O encontro desta sexta-feira será o 59.º entre os dois emblemas, mas apenas o segundo em mais de 18 anos. O embate mais recente entre os dois emblemas aconteceu na primeira volta da presente temporada. Em dezembro de 2020, o Sporting bateu o Farense no Estádio de Alvalade, por 1-0, com um golo de Sporar.

Antes disso, o último encontro remontava a fevereiro de 2002, a contar para a 23.ª jornada da I Liga, com os leões a vencerem graças ao golo solitário de João Vieira Pinto.

O histórico é claramente favorável para a equipa de Alvalade que, em 58 partidas, só perdeu seis (10%) e empatou em sete ocasiões (12%), ou seja o  Sporting soma 45 vitórias (78%)contra o clube de Faro.

A última vitória do Farense frente ao Sporting data de janeiro de 2001, quando, na capital algarvia, a equipa da casa venceu por 2-1, num encontro a contar para a I Liga.

Mesmo apenas para as partidas disputadas no reduto do Farense, o Sporting continua a ter uma vantagem clara: em 28 jogos, os leões somam 18 vitórias (64%), cinco empates (18%) e cinco derrotas (18%).

As equipas

O Sporting não vai contar com o treinador Rúben Amorim, que foi suspenso por 15 dias por lesão da honra e da reputação e denúncia caluniosa à equipa de arbitragem do jogo com o Famalicão, liderada por Rui Costa.

Dentro de campo, Gonçalo Inácio e Bruno Tabata são as grandes dúvidas para este jogo. O defesa português e o avançado brasileiro, falharam a receção ao Famalicão devido a problemas físicos, já estiveram no relvado às ordens do treinador ‘leonino’ esta quinta-feira, mas ainda sob vigilância.

Do lado do Farense, Jorge Costa não pode contar com Madi Queta, Nikola Stojiljkovic nem Defendi, ausentes por lesão. Em dúvida estão Fabrício Isidoro e Licá.

O que dizem os treinadores

Rúben Amorim garantiu que a equipa leonina “está melhor”, apesar de ter empatado nos últimos dois jogos, e frisou que os jogadores acreditam no seu técnico quando este lhes diz isso, para além de ter repetido, também mais do que uma vez, que o Sporting tem capacidade para bater o Farense “com ou sem” o treinador no banco.

“Tivemos dois jogos em que não conseguimos ganhar, mas fomos superiores. Aumentámos o nosso número de oportunidades, diminuímos as dos adversários, mas três remates enquadrados deram dois golos. Mas a equipa está tranquila, acredita em mim quando digo que estão melhores e a equipa está melhor”, frisou.

Para sustentar a sua ideia, o técnico lembrou que “há coisas no futebol que não se explicam” e recordou uma jornada recente, onde o último minuto de duas partidas distintas ditou um cenário diametralmente oposto na classificação.

Nesse sentido, Rúben Amorim recordou que “na jornada do Moreirense (1-1), um rival [FC Porto] esteve empatado até ao último minuto e ficaria com uma desvantagem maior”, enquanto os ‘leões’ estiveram em vantagem até ao último minuto e acabaram por ceder um empate.

Já Jorge Costa disse também não acreditar num Sporting "fragilizado". "Não acredito que amanhã [sexta-feira] possamos encontrar aqui um Sporting fragilizado. Continua a ser o líder do campeonato, com inteira justiça. Portanto, o grau de dificuldade do jogo, para nós, é elevadíssimo", referiu Jorge Costa, na antevisão da partida da 27.ª jornada da prova.

Para o treinador dos algarvios, "só um Farense muito forte, muito concentrado, é que pode lutar pelos três pontos e lutar por algo inédito", infligir a primeira derrota no campeonato ao Sporting.

"Temos de fazer aquilo que temos vindo a fazer. Parece quase ridículo da minha parte estar a dizer isto, mas é verdade. Pegando nos últimos três jogos do Farense [uma vitória e duas derrotas], nós temos feito coisas muito boas. Temos criado oportunidades de golo, temos tido volume de jogo interessante, qualidade de jogo muito boa, mas depois, por ineficácia da nossa parte, os resultados não têm sido aqueles que nós queremos", acrescentou Jorge Costa.

Arbitragem

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol anunciou esta quarta-feira os árbitros nomeados para o jogo desta sexta-feira.

Hugo Miguel, da Associação de Futebol de Lisboa, será o árbitro do Farense-Sporting. O lisboeta terá como assistentes Bruno Jesus e Ricardo Santos, com Hélder Malheiro no lugar de quarto árbitro.

Vítor Ferreira será o vídeoárbitro, auxiliado por Valdermar Maia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.