O ex-futebolista António Simões mostrou-se hoje “honrado” por liderar o Conselho de Veteranos, o novo órgão consultivo do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), e assumiu o desejo de “harmonizar” e “dignificar” a modalidade.

“É um passo importante no atual panorama do futebol em Portugal e este Conselho assume relevância para ajudar a dignificar o futebol. Sinto-me honrado por ter sido convidado a presidir, sem esquecer o papel que tive na criação do SJPF, há 50 anos, numa altura muito complicada a nível político. Queremos ajudar a harmonizar e a verdade é que a paixão pelo futebol não escolhe idades”, disse António Simões.

O agora dirigente de 74 anos falava na cerimónia da tomada de posse do novo órgão, em que também fazem parte Hilário, Eurico Gomes, Carlos Manuel, Paulo Futre, Carla Couto, Beto Severo, Nuno Gomes, Jorge Andrade, Simão Sabrosa e Hugo Viana, numa ‘equipa’ que soma 626 presenças na seleção principal lusa e mais de 80 títulos nacionais ou internacionais.

“Vamos usar a experiência dos antigos jogadores para desenvolver a modalidade. Vai ser um órgão de apoio consultivo ao sindicato. O grupo não está fechado. A porta está aberta. Queremos discutir questões essenciais e estruturais do futebol português”, disse Joaquim Evangelista, presidente do SJPF, que esteve igualmente presente no Museu Nacional do Desporto, em Lisboa.

A promoção da identidade do jovem jogador português, o apoio aos jogadores mais carenciados e o auxilio após o final da carreira profissional são outras das finalidades desta estrutura.

A Federação Portuguesa de Futebol também marcou presença na tomada de posse, mas através do vice-presidente Hermínio Loureiro e não do presidente Fernando Gomes, como estava inicialmente previsto.

“Temos orgulho, sentimos confiança e temos esperança por terem juntado os jogadores para constituir o Conselho de Veteranos. A federação não podia deixar de apoiar um projeto como este”, referiu o dirigente.

O presidente da Associação Portuguesa de Árbitro de Futebol, Luciano Gonçalves, esteve a assistir ao evento, assim como ex-jogadores como Chainho, Bruno Basto, Tuck e Paulo Madeira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.