Assembleia-Geral extraordinária da Federação Portuguesa de Futebol a decorrer este sábado, e onde será discutido e votado o sorteio dos árbitros, contabiliza de 13 ausências num total de 84 delegados.

A reunião extraordinária foi convocada pelo presidente da Mesa da Assembleia-Geral, José Luís Arnaut, para ratificação dos regulamentos de arbitragem e disciplina propostos pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

A 29 de junho, a maioria dos clubes representados na AG da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) aprovou o regresso do sorteio dos árbitros nos jogos das competições profissionais, através de uma fórmula condicionada pela obrigatoriedade de apenas os internacionais dirigirem os jogos de maior dificuldade.

A proposta foi apresentada pelo Sporting e pelo FC Porto na reunião magna da Liga de clubes e mereceu a discordância do Benfica, bem como do Conselho de Arbitragem da FPF, órgão responsável pelas nomeações.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.