O Benfica deverá ser alvo de uma queixa-crime, desta vez devido ao negócio que levou Helton Leite do Boavista para a Luz. A notícia é avançada pelo jornal 'Record', que revela que o empresário Nelson Caldas vai avançar com uma queixa-crime para o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) devido ao negócio a envolver o guardião.

De acordo com o jornal, o empresário adianta que o Boavista deve-lhe 60 mil euros relativos à comissão relacionada com o negócio que levou Samuel Pedro do Boavista para o Benfica no último mês de janeiro.

Sem a dívida saldada, Nelson Caldas avançou para o Juizo Central Cível do Tribunal da Comarca do Porto para arrestar os 60 mil euros no valor pago pelo Benfica ao Boavista pela transferência de Helton Leite. Contudo, o mesmo terá acabado por não acontecer, como explicou Jerry Silva, advogado do empresário ao jornal: "O Benfica disse que não havia créditos, mas o presidente do Boavista afirmou (...) que esperava que o clube cumprisse com os seus compromissos".

"Se o crédito não existe, ou a transferência foi gratuita ou foi paga antes", reiterou o advogado ao jornal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.