O avançado sabe que uma escorregadela (como quem diz uma derrota ou empate) do Sporting de Braga na Figueira da Foz frente à Naval, este domingo, transforma o Benfica no novo campeão nacional de futebol, caso a equipa da Luz vença o seu desafio contra o Olhanense no dia anterior.

"Não sentimos pressão por causa do jogo do Benfica. Muita gente esperou o ano todo por uma escorregadela nossa mas a verdade é que estamos confiantes e vamos para à Figueira para ganhar. Neste momento só pensamos na vitória", afirmou o camaronês, à margem de uma visita a uma escola primária em Braga.

Meyong foi uma vez mais a voz da crença bracarense e continua com o sonho de erguer a Taça de Campeão Nacional ainda este ano: "Ainda é possível, para isso precisamos de ganhar todos os jogos, sabemos que é difícil porque o Benfica está sempre a ganhar, mas vamos fazer o nosso papel que é começar por vencer este jogo (com a Naval). De uma maneira ou de outra queremos fazer história no Braga".

Algo tímido, o atleta ainda abordou o tema Liga dos Campeões: "Se ficarmos sem segundo iremos ficar com aquela sensação que poderíamos ter feito melhor, mas é também um lugar que dá acesso à Liga dos Campeões, algo nunca alcançado pelo Braga. Mais ainda não estamos nesse papel, tudo é possível, sabemos que acontecem muitas coisas no futebol."

Sporting de Braga, segundo classificado com 64 pontos, desloca-se este domingo à Figueira da Foz para defrontar a Naval 1.º de Maio (9º com 33 pontos), às 18 horas, em jogo a contar a antepenúltima jornada da I Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.