Cláudio Braga defende que o resultado mais justo entre o Marítimo e o FC Porto seria o empate. O técnico dos madeirenses disse, na zona de entrevistas rápidas à Sport TV, que o jogo foi decidido nos detalhes.

Veja as melhores imagens do jogo

Análise ao jogo: "Foi um jogo que preparámos bem. De uma forma mais defensiva conseguimos fechar os espaços para a baliza. Estávamos muito focados na saída em transição. Tínhamos o jogo interior com os médios e esperávamos que Joel segurasse a bola. Os detalhes fazem a diferença. O FC Porto teve dois momentos de felicidade e perdemos o jogo. Se calhar, o resultado mais justo seria o empate".

Dificuldades criadas ao FC Porto: "Também deu para ver a forma como a equipa do FC Porto festeja os golos. Estavam a sentir dificuldades. A diferença seria feita na qualidade da transição para o ataque, onde poderíamos ter feito mais um bocadinho"

Sequência de oito jogos sem ganhar: "A nossa equipa está focada nos próximos jogos. Sabíamos que este jogo seria especial. Vamos olhar para a a frente. Vamos ter jogos muito interessantes e estamos ansiosos. Esse jogo com o Nacional vai contar para todos. Temos toda a confiança de que nos próximos jogos vamos dar resposta".

O FC Porto isolou-se, este sábado, provisoriamente na liderança da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer por 2-0 no reduto do Marítimo, em encontro da nona jornada, disputado no Funchal. O brasileiro Otávio, aos 70 minutos, três depois de saltar do banco, e o maliano Moussa Marega, aos 73, nove após desperdiçar uma grande penalidade, marcaram os golos dos portistas, face a um Marítimo que acabou com 10, por expulsão de Danny, aos 82.

Os detentores do título passam a contar 21 pontos, mais três do que o Sporting de Braga, segundo, que recebe no domingo o Vitória de Setúbal, e quatro face ao Benfica, derrotado (1-3) na sexta-feira pelo Moreirense. O Marítimo é 12.º, com 10.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.