Depois do triunfo em casa frente ao Bayer Leverkusen, para a Liga dos Campeões, o FC Porto volta a centrar atenções na I Liga, com a visita ao Portimonense, em jogo da 9.ª jornada agendado para este sábado. Na antevisão à partida, Sérgio Conceição revelou que Pepe é baixa para os próximos desafios da equipa, devido a lesão.

Histórico frente ao Portimonense: "O histórico... Eu não ligo a estatísticas, históricos. Os jogos são diferentes, as equipas vivem de diferente momentos e jogadores. O que passou passou. Vamos jogar com um Portimonense que está a fazer o melhor arranque de sempre na Liga e é sempre um campo difícil. Temos de olhar para o coletivo, e dentro do coletivo para os jogadores que têm qualidade individual que fazem do Portimonense uma equipa difícil. Cabe-nos a nós ir à procura da fórmula para conseguir os três pontos importantes na nossa caminhada."

Depois da resposta com SC Braga e Leverkusen, um adversário de outra gama cria algum desconforto?: "Não cria desconforto nenhum, também já tivemos jogos em termos mediáticos, por exemplo com o Brugge, em que a motivação teoricamente está mais elevada e tivemos jogos maus. Olhamos para o nosso trabalho e trabalhamos em cima dos diferentes momentos da equipa, para corrigir e dar mais à equipa para que não aconteçam jogos menos conseguidos e que nos tiraram ponto."

Diogo Costa equipa ideal na jornada da Champions: "Faço o meu trabalho e o Diogo faz o dele. Estamos todos felizes com isso, é simples. Mesmo não parecendo muito feliz".

Otávio disponível para voltar ao onze?: "São questões de onze inicial e não falo delas. O Otávio faz parte de 25 elementos disponíveis. Infelizmente não está um, que é o Pepe, que fez uma entorse com alguma gravidade no joelho. Não vai estar nem neste nem nos próximos jogos, infelizmente para todos. O Otávio faz parte e está disponível."

Clássico com o Benfica: "Quando viermos do Algarve, lá para as 21h30, no autocarro, começo a pensar no Leverkusen e só depois no Benfica."

Perspetivas do Portimonense: "Eu não vi o Portimonense dessa forma. Do que vi do Portimonense foi sempre a tentar ir buscar o adversário o mais alto possível, mesmo em Alvalade. Vejo um Portimonense muito positivo, a tentar ir buscar o adversário o mais alto possível, muito agressivos. Se não tivermos inteligência para desmontar, dificulta. Estamos preparados. Trabalhámos esses aspetos todos, esses diferentes momentos. Vejo uma equipa competente. Se não tivermos as nossas características base, podemos ter dificuldades. São uma equipa forte nos duelos, interessante nas bolas paradas... Vamos ter as dificuldades típicas de um jogo de início de campeonato".

Importância das cinco substituições: "A forma como preparámos o jogo não muda grandes coisas. Agora, dá-nos mais soluções, até porque para quem faz da intensidade, a agressividade, a velocidade e o estar durante 90 minutos nesse registo, é importante ter cinco reforços que vão lá para dentro dar e que dêem continuidade à preparação do jogo. É super importante. Só faz bem ao futebol definitivamente termos cinco soluções para entrarem no jogo e que possam ajudar a manter o que preparámos".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.