Por mais estranho que possa parecer, Hulk é um completo desconhecido no Brasil e a imprensa brasileira, aliciada por esta convocatória, tratou de o passar a conhecido.

O portal da Globo falou com a mãe do avançado portista e descobriu o segredo do sucesso daquele que foi apelidado de “incrível”.
“Ele mamou até aos três anos. Quando se mama muito fica-se forte, não é? É o que os médicos dizem”, explicou dona Socorro, mãe do futebolista.

Natural da Paraíba, estado do nordeste do Brasil, é os sexto futebolista daquela região a ser chamado à equipa canarinha.

Esta surpresa causou, como seria de esperar, uma onda de choro entre os familiares do jogador, que mora no Porto com a mulher, o filho e o pai. “Meu pai chorou muito quando soube. Disse que pegou o Ian[filho de Hulk] ao colo e não parou de saltar. Aqui também chorámos muito”, contou a irmã, Angélica.

Segundo a esposa, Hulk era o mais calmo. “Abraçou-nos” disse ao portal brasileiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.