Luís Filipe Vieira fez questão de falar aos jornalistas após o triunfo suado sobre o Gil Vicente, por 2-1, na segunda jornada da Liga.

«O coração ainda está a bater. Há que realçar o espírito de união da equipa. Se queremos ganhar é assim, a lutar até ao fim, com os adeptos no estádio. A derrota era uma grande injustiça. Hoje ganhámos aos 92. Se mantivermos este estado de alma, e apoiarmos este grupo de grande qualidade, vamos fazer coisas interessantes, sempre respeitando os adversários. Será assim também com o Sporting. Vamos respeitar o Sporting, que é um dos grandes. Num dérbi nunca se sabe quem ganha, mas o Benfica vai determinado a continuar na senda das vitórias», adiantou o presidente do Benfica.

Questionado sobre o poder moralizador deste triunfo, Vieira preferiu enaltecer a «raça» dos jogadores. «Todos os jogadores do Benfica devem estar moralizados. Foi um Benfica de raça, apoiado até ao fim.»

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.