Os caminhos de Manuel Cajuda e Jorge Jesus cruzaram-se quando o agora treinador do Sporting era jogador do Farense. Corria a época 1983/1984, quando Manuel Cajuda subiu a técnico principal no Farense, numa equipa que contava com nomes como os irmão Carlos e Alexandre Alhinho, Óscar Duarte e Mészáros, além de Jesus.

Cajuda lembrou esses tempos em que orientou Jesus, numa entrevista ao ´Jornal de Notícias`. O algarvio conta que mantêm um contacto "muito residual" com JJ mas não esquece essa "experiência de dois/três meses".

"Estou muito grato a essa equipa do Farense. Foi aí que tudo começou. [...] Ele [Jesus] passou para outro estatuto. Respeito-o muito, mas, às vezes, não concordo com o que diz. [...] É um excelente treinador, mas em termos de comunicação é realmente mau. Os amigos deviam dizer-lhe isso", comentou Cajuda ao JN.

Nessa época de 1983/1984, Jorge Jesus, então com 29 anos, fez 24 jogos pelos algarvios, mas não apontou nenhum golo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.