É já esta sexta-feira que o FC Porto recebe o Benfica. Na memória ainda está os 5-0 da época passada para o campeonato. Carlos Secretário, ex-dragão, não acredita que a goleada se volte a repetir, ainda que isso não seja impossível.

«Nunca se sabe. Já aconteceu noutros anos. Estes jogos são sempre imprevisíveis, 5-0 não acontece sempre, mas acontece quando menos se espera. Não quer dizer as  duas equipas, mesmo com uma derrota dessas, estejam desniveladas. As duas equipas estão ao mesmo nível», frisou Secretário em declarações ao SAPO Desporto.

Quase um ano já se passou sobre essa partida e na opinião do ex-lateral muita coisa mudou. Uma delas no FC Porto, que pode ser determinante.

«As equipas estão com a mesma pontuação este ano, penso que o Benfica está mais forte este ano. O FC Porto tem basicamente a mesma equipa, tirando um lugar que é focal [saída de Falcao]. O FC Porto ainda não encontrou o verdadeiro ponta de lança, ainda que o Kleber seja, na minha opinião, bom jogador. Vai ser um jogo difícil, ambas a querer ganhar. Este jogo será importante, embora não decida nada, a nível psicológico», sublinhou.

O ex-jogador do FC Porto, onde atuou por 11 anos, com uma interrupção em 1996/97 para jogar no Real Madrid, recorda o clássico de 2002/03 como o mais marcante. Na altura, Mourinho treinava os dragões, Jesualdo o Benfica.

«Recordo um, no tempo do Mourinho, em que estávamos a perder 1-0 ao intervalo, era o Professor Jesualdo o treinador do Benfica, e com um jogador a menos e conseguimos dar a volta à situação, ganhando por 2-1. O que senti, nessas épocas, era que equipa do Benfica vinha sempre com muitas cautelas defensivas e com muito receio, o que creio agora não acontecer. Já vêm jogar o jogo pelo jogo e é sempre mais difícil», lembrou .

Para Secretário, o Benfica «não é maior rival», apenas tem sido, nas últimas épocas o adversário mais direto, o que dá outro ‘colorido’ ao jogo.

«Nos últimos anos tem sido o adversário mais direto do FC Porto, por isso, estes clássicos são sempre grandes jogos e dominam a comunicação social, os adeptos, o que faz com que haja uma rivalidade tremenda. Todos gostamos de estar presentes», sublinhou.

Mesmo sabendo que avançar números para um jogo destes é quase como acertar no Euromilhões, Secretário adiantou um resultado: «2-1 para o FC Porto».

O FC Porto recebe esta sexta-feira o Benfica, em jogo que abre a sexta jornada da Liga portuguesa. O encontro tem início às 20h15 e será dirigido por Jorge Sousa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.