O Benfica não tem vida fácil para garantir a contratação de Adam Nagy do Ferencvaros. Para além da concorrência do Marselha, o Leicester City juntou-se à corrida pelo médio húngaro de 21 anos.

O valor do internacional estava fixado nos 1.5 milhões de euros, mas a boa campanha da Hungria no Campeonato da Europa inflacionou o preço do jogador. O Ferencvaros sabe que, dificilmente, vai manter o jovem de 21 anos e quer o melhor encaixe financeiro pela saída de Nagy.

Até à entrada do Leicester City na corrida, o Benfica seguia como o grande favorito a garantir o jogador. Contra o Marselha, a presença na Champions League é o grande argumento dos ‘encarnados’. No entanto, com a entrada dos campeões ingleses o cenário muda uma vez que o Leicester também vai jogar a liga ‘milionária’. Com efeito, O Benfica não quer cometer nenhuma ‘loucura’ nem entrar em leilão pelo passe do jogador.

Adam Nagy foi um dos 23 jogadores que estiveram em França a representar a Hungria no Campeonato da Europa. A seleção ‘magiar’ perdeu, ontem, com a Bélgica e disse adeus à competição.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.