A Liga Portuguesa de Futebol Profissional anunciou esta terça-feira o dia em que a bola volta a rolar na Primeira Liga de Futebol: 4 de junho.

A marcação da data, quatro dias depois do dia 30 de maio, data a partir da qual o Governo dava 'luz verde' para o regresso da competição, pretende garantir que todos os estádios da I Liga são vistoriados e os testes às equipas são realizados antes do regresso.

A prova irá ser retomada na 25.ª jornada, sendo que a Liga não revelou qual a partida que dará o 'tiro de repartida' da competição. Originalmente o Rio Ave - Paços de Ferreira era o jogo inaugural da 25.ª jornada, marcado para 13 de março.

O calendário da 25.ª jornada, inicialmente marcada para 13-15 de março

25.ª jornada
créditos: SAPO Desporto

A I Liga foi suspensa no passado dia 12 de março, após 24 jornadas, numa altura em que era liderada pelo FC Porto com um ponto de vantagem sobre o campeão Benfica. O Sporting de Braga é terceiro com 46 pontos, mais quatro que o Sporting.

Portimonense com 16 pontos e Desportivo das Aves com 13 ocupam os lugares de despromoção à II Liga.

E se uma equipa inteira for infetada com COVID-19? 12 perguntas e respostas sobre o regresso da I Liga
E se uma equipa inteira for infetada com COVID-19? 12 perguntas e respostas sobre o regresso da I Liga
Ver artigo

A Liga ainda não revelou qualquer informação em relação aos estádios que irão receber os 90 jogos em falta da I Liga.

De recordar que no parecer técnico da Direção-Geral de Saúde, a mesma referia que "As competições devem ser realizadas no menor número possível de estádios. Estes estádios selecionados devem ser aprovados, para o efeito de retoma destas atividades desportivas, pela Autoridade de Saúde Regional. Estes estádios devem ter as condições que permitam a implementação de medidas de prevenção e controlo de infeção de forma sustentada".

A I Liga regressa mas não deverá regressar aos Açores, pelo menos para já. O Santa Clara anunciou esta terça-feira que irá jogar em casa emprestada os jogos na condição de visitado que têm em falta. Os açorianos irão jogar na Cidade do Futebol, em Oeiras, localização que irá servir também de local de estágio para a equipa insular.

O regresso anunciado com positivos nas equipas

Na última segunda-feira, o Famalicão anunciou ter um quarto jogador infetado pela COVID-19, depois dos testes realizados ao plantel.

Já durante o fim de semana Vitória de GuimarãesMoreirense Benfica tinham dado conta de também terem nos seus planteis casos positivos de COVID-19, somando um total de nove jogadores na I Liga infetados.

Segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde, Portugal regista 1.163 mortes relacionadas com a COVID-19, mais 19 do que na segunda-feira, e 27.913 infetados, mais 234.

A região Norte é a que regista o maior número de mortos (660), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (254), do Centro (219), do Algarve (14), dos Açores (15) e do Alentejo, que regista um caso, adianta o relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de segunda-feira, mantendo-se a Região Autónoma da Madeira sem registo de óbitos.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 286 mil mortos e infetou mais de 4,1 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de 1,4 milhões de doentes foram considerados curados.

Leia o comunicado da Liga Portugal: 

No passado domingo, a DGS emitiu o parecer técnico sobre as condições do regresso da Liga NOS à competição, no seguimento da decisão do Governo do passado dia 30 de abril.

Recorde-se que, nessa data, o Executivo enquadrou esta competição profissional como uma das atividades autorizadas ao desconfinamento.

Ao longo dos últimos dias, as várias entidades têm levado a cabo sucessivas reuniões de alinhamento para que a retoma possa acontecer em segurança e com todas as medidas de proteção que mitiguem os riscos do regresso à atividade, seguindo-se uma fase de vistorias para apuramento dos estádios que efetivamente cumprem os requisitos definidos naquele parecer técnico.

Antecipa-se que este trabalho conjunto da DGS, da FPF e da Liga Portugal sirva de modelo para a retoma de outras atividades económicas, pretendendo-se que esta competição profissional forneça um exemplo das boas práticas que esta pandemia nos impõe.

Por forma a garantir que são rigorosamente vistoriados os estádios e realizados os testes médicos a todos os profissionais envolvidos nos jogos e na respetiva organização, está apontada a data de 4 de junho de 2020 para o primeiro jogo da 25.ª jornada da Liga NOS.

*Com Lusa

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.