O subintendente Costa Ramos, do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, observou que «está dentro da competência do promotor do espectáculo tomar a decisão que o Benfica tomou», de restringir o uso de adereços por parte dos adeptos do FC Porto no Estádio da Luz.

A PSP preparou «um dispositivo de segurança reforçado» para um «jogo de risco elevado», domingo, que pode permitir ao FC Porto sagrar-se antecipadamente campeão e para o qual são esperados entre 47 000 e 52 000 espectadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.