Rui Vitória mostrou-se ciente do mau momento que o Benfica atravessa, compreendendo o desagrado dos adeptos, mas promete uma equipa "revoltada" e "convicta" para a visita ao Marítimo, este domingo.

"Temos a perfeita noção do momento que estamos a viver. Queremos entrar com uma grande determinação, porque sabemos o que aconteceu no jogo anterior. Temos uma vontade muito grande de ganhar e isso vai transparecer amanhã. Esta equipa tem fibra e, amanhã, é um momento de orgulho e de revolta", disse o técnico dos 'encarnados' em conferência de imprensa.

"Sabemos perfeitamente o que é uma manifestação de desagrado. Sentimos a tristeza dos adeptos perante o momento difícil. Ninguém duvida que estes jogadores não sintam um resultado destes como todos sentimos. Mas também temos a noção que o Benfica é diferente e o apoio é importante, principalmente, para os nossos adversários. Nós compreendemos mas estamos prontos para trabalhar", acrescentou.

"Nunca falei em erros individuais, falei em erros durante a partida que não podiam ter acontecido. O que aconteceu no jogo passado já foi dissecado e com quem eu tenho de falar olhos nos olhos, é com os meus jogadores. Os erros ficaram no jogo passado, mas já tratámos com quem tínhamos de tratar. Este jogo trouxe-nos um sentimento de revolta e injustiça grande. Amanhã, a minha equipa vai estar revoltada e ansiosa. A imagem do jogo passado não corresponde à qualidade desta equipa.

O Benfica desloca-se este domingo ao terreno do Marítimo, em jogo referente à oitava jornada da Primeira Liga, pelas 21h30.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.