O argentino Eduardo Salvio recordou a lesão que sofreu em 2015, que acabou por impedir uma transferência para os ingleses do Manchester City.

"Tinha uma oferta para ir para o futebol inglês. Estava tudo certo para eu jogar em Inglaterra, mas não aconteceu. Foi um momento duríssimo. Mas eu tive de aceitar, são coisas que acontecem e não podemos fazer nada", lamentou o jogador do Benfica em entrevista ao Olé.

O jogador deixou no ar a ideia de que ainda acredita numa transferência para a Premier League, até para ser mais provável ser chamado à seleção argentina.

"Sempre quis ser um jogador de seleção; já tive oportunidades, mas encantar-me-ia voltar a ser convocado. Ainda quero jogar no futebol inglês. Quando estava no Lanús, eu queria jogar na Europa; o Altético Madrid e o Benfica tornaram o meu sonho realidade", explicou.

No que toca à nova temporada, Salvio apontou a uma meta específica.

"Quero voltar a ser protagonista e ter um grande ano como quando marquei 13 golos. O Benfica vendeu, por muitos milhões, extremos que não marcaram 13 golos. Sempre disse que, ao invés de 13, queria marcar 15. Espero recuperar o meu lugar e marcar estes 15 golos. Vou matar-me para que digam todos maravilhas de mim outra vez", atirou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.