Cinco golos e muita emoção na Cidade do Futebol. O Santa Clara venceu hoje por 3-2 na receção ao SC Braga, com o golo do triunfo a ser apontado já no período de compensação. No regresso da I Liga, os minhotos adiantaram-se no marcador aos 20 minutos, numa grande penalidade convertida por Fransérgio, mas a equipa açoriana empatou aos 34', por Thiago Santana.

Na segunda parte, Trincão deu nova vantagem aos bracarenses, aos 56', mas o Santa Clara não desanimou e voltou a empatar, aos 66', com Thiago Santana a bisar na partida também através de uma grande penalidade. Quando tudo parecia encaminhar-se para o empate, Carlos Júnior marcou para os açorianos aos 90+2'.

Na Cidade do Futebol, casa 'emprestada' do Santa Clara para as últimas jornadas do campeonato, o SC Braga entrou mais perigoso e aos 14' beneficiou de uma grande penalidade, a castigar falta de Zaidu sobre Trincão, que Artur Soares Dias confirmou após ver as imagens do VAR. Na conversão, Fransérgio (20') atirou para o lado esquerdo do guarda-redes, que se deixou cair para o lado contrário, colocando os minhotos na frente.

O Santa Clara não se deixou abater pela desvantagem e tentou assustar os bracarenses de bola parada aos 23', num livre de Lincoln junto à linha, com Fábio Cardoso a atirar para defesa segura de Matheus. Thiago Santana acabou por fazer o empate cerca de dez minutos depois, num remate à meia volta sem hipótese de defesa para o guardião do SC Braga, após cruzamento rasteiro de Zaidu.

Os açorianos continuaram a pressionar e bem podiam ter chegado à reviravolta antes do intervalo, aproveitando alguma desconcentração dos 'arsenalistas', mas Matheus conseguiu travar os remates de Zaidu aos 37' e 39'.

A segunda parte começou com o SC Braga novamente a criar perigo, através de um cruzamento de Sequeira para Ricardo Horta que, na área, desviou de primeira com a bola a sair ao lado da baliza. Aos 56 minutos, numa tabela perfeita na esquerda, Trincão devolveu a vantagem no marcador aos minhotos, com um remate de primeira a um cruzamento de Sequeira.

Pouco depois, Fransérgio teve oportunidade de dilatar a vantagem dos bracarenses, mas o remate à entrada da área saiu ao lado da baliza de Marco. E o Santa Clara chegou novamente ao empate, na sequência de um penálti que resultou na expulsão de Raúl Silva, convertido com sucesso por Thiago Santana (66'), a bisar na partida.

Custódio apostou todas as fichas no ataque, promovendo as entradas de Galeno, Rui Fonte e Wilson Eduardo, mas acabou por ser o Santa Clara a chegar ao golo, já no período de compensação: grande cruzamento de Lincoln no lado esquerdo e Carlos Júnior, sozinho no coração da área, a desviar para a baliza e a dar os três pontos aos açorianos.

Com o triunfo de hoje, o Santa Clara, que regressou às vitórias no campeonato, está em oitavo lugar, com 33 pontos, enquanto o SC Braga, que pôs fim a 10 jogos sem perder na prova, está em terceiro, com 46, mais três que o Sporting.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.