O Sporting emitiu, esta quinta-feira, um comunicado onde repudia as afirmações de Paulo Faria, suposto representante do atleta em Portugal.

Durante o dia de ontem, quarta-feira, Faria proferiu graves acusações à postura do jogador desde que está no Sporting, assegurando que o avançado de 28 anos teria ficado retido propositadamente no Egito, aquando da digressão dos “leões” àquele país.

Paulo Faria, também assegurou à 'Rádio Renascença' que Shikabala teve uma proposta para sair do clube rumo à Grécia, a qual havia declinado liminarmente.

Leia o comunicado na íntegra:

"A Sporting SAD vem repudiar as declarações do suposto representante em Portugal do jogador Shikabala, Paulo Faria, proferidas a 3 de Setembro ao programa Bola Branca, da Rádio Renascença. Shikabala é atleta do Sporting e tem cumprido até ao momento com as suas obrigações com o Clube de forma profissional.

Relativamente ao episódio que reteve o atleta na recente deslocação ao Egipto, por falta de um documento das autoridades locais que lhe permitisse viajar, o mesmo encontra-se em processo de averiguações por parte da Sporting SAD.

A Sporting SAD espera que as declarações em causa não se tratem de uma manobra de desestabilização do atleta que incitem o mesmo a tomar alguma atitude que desvirtue o seu comportamento, até ao momento, com o Sporting ou, no sentido de forçar a sua saída, criando condições favoráveis para o suposto representante do atleta, num eventual negócio envolvendo o jogador".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.