O treinador do Beira-Mar, Ulisses Morais, rejeitou hoje a ideia de «férias antecipadas», garantindo que «existe tudo a ganhar» no jogo com o Olhanense, da 30.ª e última jornada da Liga portuguesa de futebol.

«Não podemos entrar de férias por respeito a nós e pela dignidade que o campeonato e a nossa profissão nos exigem» disse Ulisses Morais, em conferência de imprensa.

O treinador disse que essa ideia não se adequa ao que defende, nem «ao que devem defender os profissionais com esse estatuto».

Em relação ao adversário, Ulisses Morais disse esperar «um Olhanense competente, determinado a tentar dar um bom espetáculo», tal como a sua equipa, que quer conquistar três pontos para melhorar a sua classificação (12.º).

«Ficarei satisfeito se o resultado na classificação for mais visível, pela competência que este grupo de trabalho tem e que demonstrou num cenário de dificuldade», referiu.

O técnico revelou ainda que «a preparação da próxima época é um momento de muita procura, de muita especulação», mas defendeu uma «uma abordagem muito séria e ponderada em virtude do que são as exigências da SAD».

O Beira-Mar, 12.º classificado com 29 pontos, recebe o Olhanense, oitavo com 36, numa partida agendada para este sábado, pelas 18h30 no Estádio Municipal de Aveiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.