Declarações de Vítor Oliveira, treinador do Gil Vicente, à Sport TV após a vitória por 2-1 sobre o FC Porto, na primeira jornada da Primeira Liga 2019/2020.

Análise à vitória: "Sabíamos que o FC Porto era favorito, mas não o conseguiu demonstrar por muito mérito do Gil Vicente. Defensivamente estivemos sempre organizados, ofensivamente tivemos algumas dificuldades na primeira parte. Não conseguíamos sair de forma objetiva, simples e direta. O FC Porto bloqueou-nos com muita gente e não nos deixou sair a jogar. Na segunda parte retificámos e, devido ao natural desgaste do FC Porto por causa das competições europeias, conseguimos ter mais liberdade e sair mais vezes, nas quais fizemos dois golos de belo efeito. Fizemos tudo para sermos felizes. O FC Porto esteve mais por cima, mas não criou muitas oportunidades. Os jogadores estão de parabéns, foram fantásticos."

A Vitória é justa? "As vitórias são sempre justas, vence quem faz mais golos, que é o objetivo do futebol. Foi uma vitória justa. É discutível se foi merecida ou não. Mas foi justa."

Segredo para este triunfo: "O segredo é o espírito de grupo que estamos a criar e a qualidade dos jogadores que temos. Não tirámos os pés do chão, temos muito trabalho pela frente. Mas não precisámos de ser tão modestos ao ponto de não reconhecer mérito no que fizemos. Há ainda lacunas ofensivamente, estamos a trabalhar para resolver."

O FC Porto perdeu, este sábado, em casa do Gil Vicente, por 2-1, em jogo da primeira jornada da I Liga portuguesa de futebol, que marcou o regresso dos barcelenses ao primeiro escalão.

Lourency (60 minutos) e Kraev (77) marcaram os golos dos gilistas, que foram esta temporada reintegrados na I Liga, na sequência do 'caso Mateus', há 13 anos.

Alex Telles, aos 73 minutos, na marcação de uma grande penalidade, fez o único golo dos 'dragões'.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.