Os aveirenses atingiram este número “redondo” ao 777.º encontro numa prova em que jogaram pela primeira vez em 1961/62, ano do segundo ceptro europeu do Benfica, que lidera esta classificação com 1424 vitórias.

Na nona jornada da sua 25.ª “aventura” entre os “grandes”, o Beira-Mar logrou o 155.º triunfo caseiro, ao qual junta 45 como visitante.

A Naval 1.º de Maio, que jamais havia batido, passou a ser o 47.º clube a somar derrotas com os aveirenses, que bateram, pelo menos três vezes casa um, todos os outros 12 clubes que já atingir o patamar dos 200 triunfos.

Sporting de Braga (13 vitórias), Vitória de Guimarães (12) e Belenenses e Marítimo (11) foram os conjuntos mais vezes derrotados pelo Beira-Mar, que, como forasteiro, tem como recorde quatro triunfos em reduto vimaranense.

No trajecto dos aveirenses constam também um total de 11 triunfos face a Benfica, FC Porto e Sporting, cinco dos quais em reduto alheio, sendo que vários deles entraram, por um motivou ou outro, para a história.

O Sporting foi o primeiro “grande” a cair perante o Beira-Mar, e logo em Alvalade (0-1 em 1971/72), e igualmente o clube face ao clube o clube de Aveiro somou a 100.ª vitória na competição.

Em 1991/92, mais precisamente na quinta jornada, a 22 de Setembro de 1991, os então comandados de Vítor Urbano superaram em casa os “leões” por 1-0, graças a um golo do brasileiro Bira, quase em “cima” do intervalo (43 minutos).

Quanto ao Benfica, o Beira-Mar só venceu os “encarnados” pela primeira vez em 1991/1992 (2-1 em Aveiro, com um “bis” de Miranda), mas está na história do clube da Luz.

A 2 de Novembro de 2003, o novo Estádio da Luz recebia o seu baptismo em jogos oficiais e o clube de Aveiro estragou a festa, vencendo por 2-1, com tentos de Sandro e Wijnhard, subindo então ao terceiro lugar, à 10.ª jornada.

O FC Porto foi o último “grande” a ser derrubado pelo Beira-Mar (2-1 em casa, em 1998/99, com golos de Gila e Fary), que, entretanto, já soma quatro triunfos face aos “dragões”, um deles bem presente na lista dos recordes.

A vitória por 3-2 nas Antas, com um tento de Cristiano e um “bis” de Fary, a 23 de fevereiro de 2002, continua a ser, mais de oito de oito anos e meio depois, a única de José Mourinho enquanto anfitrião em competições internas.

O melhor treinador da actualidade já tinha comandado Benfica e União de Leiria e, depois, liderou Chelsea e Inter de Milão, orientando agora o Real Madrid e quanto a derrotas caseiras - exceptuando competições europeias – nem mais uma: o Beira-Mar ainda aguarda sucessor.

Na história do campeonato, os aveirenses têm como melhor registo o sexto lugar de 1990/91 e do seu palmarés consta ainda a vitória na Taça de Portugal de 1998/99 (1-0 ao Campomaiorense, na final, com um tento de Ricardo Sousa) e uma presença na Taça UEFA (1999/2000).

- As equipas com 200 ou mais vitórias na prova:
 1. Benfica                   1424 vitórias
 2. FC Porto             1383
 3. Sporting             1307
 4. Belenenses            831
 5. Vitória de Guimarães  736
 6. Vitória de Setúbal    619
 7. Boavista              603
 8. Sporting de Braga          590
 9. Académica             482
10. Marítimo              335
11. Farense                    222
12. CUF                        206
13. BEIRA-MAR             200.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.