André Geraldes abandonou o cargo de presidente da SAD do Estrela da Amadora, segundo avança o jornal Record desta quinta-feira, revelando ainda que Paulo Lopo deve assumir a liderança do emblema da Grande Lisboa.

Segundo a publicação, a decisão de André Geraldes está relacionada com diferenças estratégicas internas, mais propriamente com falta de condições para lutar pela promoção ao escalão principal do futebol português, numa altura em que a SAD se encontra à venda.

O Record ressalva que o dirigente salvaguardou o direito de preferência da venda da sociedade desportiva a investidores trazidos por ele.

O anúncio da saída de André Geraldes, que ao fim de dois anos, em que conquistou uma subida à II Liga e uma permanência no escalão, surge na sequência do despedimento coletivo de quatro elementos da estrutura e nove jogadores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.