O Farense bateu hoje o Benfica B (5-2), em jogo da 16.ª jornada da II Liga de futebol, aproveitando a superioridade numérica para 'selar' o triunfo num 'festival' de golos com duas reviravoltas no marcador.

Cristian Ponde (10 e 48 minutos), Elves Baldé (27) e Pedro Henrique (37 e 57) marcaram os golos dos algarvios, enquanto Henrique Araújo (17) e Gerson Sousa (21) assinaram os tentos 'encarnados', reduzidos a 10 unidades no primeiro minuto da segunda parte.

O Farense, segundo classificado, com 34 pontos, alargou para sete a diferença pontual para os perseguidores, enquanto o Benfica B, que somou a quarta derrota seguida, ocupa o nono lugar, com 22.

Nos primeiros 10 minutos, o jogo esteve calmo mas o primeiro golo do jogo, para os algarvios, aos 10 minutos, abriu caminho a uma primeira parte 'louca', com um total de cinco tentos e duas reviravoltas no marcador.

O luso-romeno Cristian Ponde colocou os algarvios na frente do marcador, após jogada do lateral Abner pela esquerda, mas os 'encarnados' deram a volta: Henrique Araújo, que se apresentou no eixo do ataque 'encarnado', empatou de cabeça aos 17 após cruzamento de Gerson Sousa, que assinou o segundo tento, aos 21, num remate de longe em que Rafael Defendi 'ficou mal na fotografia'.

A 'história' da primeira metade registou a segunda reviravolta no marcador, com o Farense a celebrar um 'míssil' de fora da área de Elves Baldé (27) e uma excelente jogada de Pedro Henrique na área, antes de assinar o remate certeiro (37).

O reinício da partida foi aziago para os 'encarnados', que, após um passe atrasado mal medido na saída de bola, ficaram reduzidos a dez unidades passavam apenas 10 segundos de jogo.

O central Lacroix derrubou o isolado Pedro Henrique 'em cima' da grande área e viu o cartão vermelho direto, com Cristian Ponde a 'bisar' na marcação do respetivo livre direto (48).

Motivado pela entrada feliz, o Farense foi à procura de mais, surgindo aos 57 minutos o segundo 'bis' da partida, pelo brasileiro Pedro Henrique, confirmando junto à linha de baliza um 'chapéu' que tinha saído curto.

Com o Benfica B 'perdido' em campo, o guarda-redes Samuel Soares ainda evitou que o resultado atingisse números mais exagerados, travando as tentativas de Marco Matias (58) e Pedro Henrique (65), enquanto, do outro lado, Rafael Defendi evitou o remate de Pedro Santos (83).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.