O primeiro tento de um encontro com as equipas muito contidas no primeiro tempo foi obtido por Basílio, que, aos 79 minutos, deu a vantagem ao Sporting da Covilhã, numa insistência.

Steven Vitória rematou à barra, a bola ressaltou para Auri, que atirou ao poste e, no ressalto, Basílio emendou para o fundo das redes.

Até essa altura, Sporting da Covilhã e Oliveirense não conseguiam fazer as transições entre o meio campo e o sector mais adiantado e parecia difícil alguém chegar à vantagem, tal como em toda a primeira parte, desprovida de emoção e sem qualquer ocasião flagrante de golo, com as duas equipas apáticas.

A primeira vez que foi criado algum perigo já se jogava há 39 minutos. Basílio, num centro-remate, colocou a bola no canto superior esquerdo da baliza, mas Marco estava no caminho do esférico.

No regresso dos balneários, o jogo parecia ganhar mais dinâmica. Logo aos 47 minutos, Basílio atirou ao poste. Nos minutos seguintes foram Robson e João Pedro, da Oliveirense, a tentar a sorte e Pascal, aos 58, obrigou Diego a defesa apertada, com uma paulada.

O Sporting da Covilhão conseguiu o golo, mas o empate surgiu ao minuto 86, por João Pedro, na marcação de um livre de fora da área.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.