A avançada Ana Capeta enalteceu a crescente qualidade que a seleção feminina de futebol conseguiu alcançar nos últimos meses e mostrou-se esperançada para levar de vencida a Bélgica no importante encontro de apuramento para o Mundial2019.

"O nosso grupo está cada vez mais forte. Espero que sejamos capazes de bater a Bélgica, ainda por cima em casa delas seria uma vitória importante", começou por dizer.

Em declarações durante o estágio na Cidade de futebol, em Oeiras, Capeta recordou as "dificuldades" sentidas para impedir a derrota (1-0) sofrida no primeiro jogo com as belgas, em Portugal, esperando idênticas adversidades para o desafio de sexta-feira.

"Esperamos um jogo difícil. A Bélgica já nos causou muito trabalho no primeiro jogo. Esperamos uma Bélgica complicada, ainda por cima jogam em casa", lembrou.

Com apenas quatro aparições de ‘quinas' ao peito, a avançada do Sporting conseguiu impor-se nas convocatórias do selecionador Francisco Neto, um "sonho" concretizado para a atleta.

"É um sentimento muito importante [estar aqui]. Uma jogadora tem o objetivo de vir à seleção nacional e é um sonho de qualquer jogadora chegar aqui. É o meu quarto estágio", disse.

No Sporting, Ana Capeta tem conseguido uma notabilidade fora do comum com apenas 20 anos, somando 11 golos em 13 jogos na presente temporada.

"Espero que sim [trazer as exibições do clube]. Espero poder pôr em prática, apesar de os jogos aqui serem de outra exigência", concluiu.

Portugal ocupa o terceiro posto do grupo 6, com três pontos, menos seis que a Bélgica, e a nove da líder Itália, que conta mais um jogo.

O encontro com a Bélgica é o quarto de qualificação para o Mundial2019, em França, agendado para dia 06 de abril, pelas 18:30 (hora portuguesa).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.