No final da partida entre o Werder Bremen e o Borussia Moenchengladbach, Hugo Almeida queixou-se de dores no pé direito. Após a realização de exames, o departamento médico do clube germânico diagnosticou uma inflamação no tendão e optou por engessar o avançado.

Em declarações à sua assessoria de imprensa, o jogador  mostrou-se triste por não poder dar o seu contributo no próximo jogo da sua equipa: “Sinto muito por ficar de fora. Nenhum jogador quer ficar sem jogar, mas o momento agora é de seguir as orientações médicas e recuperar-me o mais rapidamente possível. Não vou poder ajudar a minha equipa contra o Aktobe, mas confio que, com a vantagem que conseguimos em casa, o Werder Bremen vai seguir em frente”.

O período de paragem previsto é de 14 dias, o que impedirá o avançado de participar nos jogos da Selecção (5 e 9 de Setembro).

O regresso do avançado antes do período equacionado pode acontecer mas só num caso extremo. Na próxima quinta-feira, quando Carlos Queiroz divulgar a convocatória, ficará a saber-se se o avançado entra ou não nas escolhas do seleccionador.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.