“Era a escolha que já se anunciava. Foi um jogador da selecção, conhece bem o ambiente. É uma pessoa do futebol, conhece bem o futebol, está habituado à alta competição. À partida, são pormenores importantes”, disse.

Em declarações à Agência Lusa, o seleccionador que apurou Portugal para o Euro2000, conseguindo depois atingir as meias-finais, desejou “sorte” a Paulo Bento, “para que possa levar a selecção ao que todos pretendem, a qualificação para o Euro2012”.

Humberto Coelho desvaloriza o facto de Paulo Bento ter sido escolhido após a frustrada tentativa de garantir José Mourinho para os desafios com Dinamarca e na Islândia, a 08 e 12 de Outubro, respectivamente.

“À partida pode pensar-se que sim (fragilizado). Depois esquece-se. Se os resultados forem positivos, tudo isso entra no caminho e esquece-se o que está para trás. É preciso duas vitórias de Portugal frente à Dinamarca e Islândia. Isso ajuda a que depois o caminho seja mais fácil”, acrescentou.

O técnico, que está em negociações com a selecção do Gana para os próximos quatro anos, garantiu ainda que “ainda há bastantes jogos para Portugal poder recuperar” e disputar o Europeu que vai ser organizado em conjunto pela Polónia e Ucrânia, em 2012.

“Ainda há tempo. Ainda não jogámos com o principal opositor – a Dinamarca –, os dois jogos que são importantíssimos. (A missão) É difícil, como seria com qualquer outro seleccionador. Temos possibilidades para nos qualificarmos”, concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.