Fernando Santos fez esta quinta-feira a antevisão do jogo de Portugal com Andorra, no Estádio de Aveiro, e reiterou o caráter ofensivo da seleção. A perspetiva de um jogo continuamente ao ataque foi assumida pelo selecionador nacional, numa partida onde não poderá contar com Nani, por lesão.

"O Nani não apresenta ainda condições físicas de deisponibilidade para o jogo com Andorra, mas continuamos a observar e vamos ver durante mais um ou dia ou dois para perceber se tem condições para o jogo com as Ilhas Faroé. Por isso, a chamada do Pizzi é fácil", começou por dizer o técnico campeão europeu.

Na conferência de imprensa realizada na Cidade do Futebol, em Oeiras, o selecionador rejeitou ainda qualquer facilitismo pelo nome do adversário. "É seguramente um jogo importante. Portugal tem um objetivo claro de estar no Mundial 2018, na Rússia, e depende apenas de si próprio, apesar de ter perdido o primeiro jogo. Todos os jogos têm o mesmo grau de importância. O nome do adversário não interessa, foi assim desde que cheguei e os jogadores interiorizaram isso para ganhar a qualquer adversário. Os jogadores conhecem bem ao detalhe a equipa da Andorra", afirmou.

Na análise ao oponente desta sexta-feira, Fernando Santos disse estar à espera de encontrar uma muralha defensiva. "É uma equipa defensiva, joga com todas as unidades no seu terço defensivo. Temos de jogar depressa, mas sem ser à pressa para que aquela muralha se possa desmoronar. Estes jogos não se ganham apenas em termos de organização ofensiva, ganham-se também na reação à perda de bola", frisou.

Paralelamente, o selecionador explicou que Portugal não será mais ofensivo do que noutros jogos, porque o ataque faz sempre parte da estratégia lusa. "Portugal é sempre uma equipa ofensiva. Com Cristiano qualquer equipa fica mais forte e Portugal fica mais forte. O adversario é que às vezes se remete mais a uma atitude defensiva. Neste jogo, teoricamente, será isso que vai acontecer. Tem dificuldades muitas vezes também para contra-atacar e aproveita muito os livres e cantos. Vamos ter de trabalhar muito na última zona do campo e encontrar uma forma de jogar que crie problemas a Andorra. Para isso também precisamos do apoio do público. Com esse apoio também somos mais fortes", concluiu.

O jogo entre Portugal e Andorra está marcado para esta sexta-feira, às 19h45, no Estádio de Aveiro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.