A seleção portuguesa de futebol deverá apresentar-se na máxima força frente à Suíça, na terça-feira, depois de ter ‘sobrevivido' à deslocação a Andorra, num encontro em que só a vitória garante o apuramento direto para o Mundial2018.

Portugal iniciou a última e decisiva dupla jornada do Grupo B obrigado a vencer em Andorra, num encontro que tinha vários riscos para a formação lusa e que poderia resultar em algumas baixas para o duelo decisivo com os helvéticos.

Além do relvado puramente sintético do Estádio Nacional de Andorra, mais pródigo a lesões, Portugal estava com seis jogadores em risco de castigo, incluindo Cristiano Ronaldo.

A seleção lusa ‘sobreviveu', alcançado um triunfo por 2-0, e Fernando Santos regressou a casa satisfeito por poder contar com os 25 jogadores convocados, incluindo o seu capitão.

Portugal vai subir ao relvado do Estádio da Luz à procura de garantir a sétima presença na fase final de um Campeonato do Mundo, quinta consecutiva, e ‘vingar' a derrota sofrida perante a Suíça (2-0), logo na primeira jornada do Grupo B.

Em Basileia, Fernando Santos viveu o seu único desaire à frente da seleção nacional, em jogos oficiais, com Ronaldo ausente. O capitão estava ainda a recuperar da lesão sofrida na final do Euro2016.

Sempre que contou com Ronaldo em jogos de qualificação, Fernando Santos e Portugal venceram sempre, somando 15 triunfos, contabilizando o apuramento para o Euro2016 e agora para o Mundial2018.

O avançado, que leva 15 golos na fase de qualificação, deverá voltar a fazer dupla com André Silva na frente, num ‘onze' em que são esperadas algumas alterações.

Na defesa, Cédric deverá regressar ao lado direito e José Fonte poderá voltar a fazer dupla com Pepe no centro. Os dois jogadores, que atuam em Inglaterra, estavam em risco de suspensão e foram poupados em Andorra.

As maiores dúvidas, como tem sido hábito, aparecem no meio-campo, com William Carvalho, João Moutinho e André Gomes, que não foram utilizados na penúltima ronda, a poderem ser apostas de Fernando Santos.

Portugal volta a estar num jogo com estas características (com o vencedor a garantir um lugar na fase final) 14 anos depois, novamente no apuramento para um Campeonato do Mundo, tal como ocorreu frente à Itália, na corrida para o Mundial1994, disputado nos Estados Unidos.

Nessa altura, a seleção nacional foi a Milão obrigada a bater os transalpinos, para assegurar o primeiro lugar do Grupo 1, mas acabou derrotada por 1-0.

O Portugal-Suíça está agendado para terça-feira, às 19:45, e vai ser arbitrado pelo turco Cüneyt Çakir.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.